Sesc realiza ações para valorização das colaboradoras na Semana da Mulher


Publicado em : 13/03/2020 | por Núcleo de Comunicação e Marketing Fecomércio/Sesc/Senac | Agência Comércio | Atualizado em: 13/03/2020



Fazer uma integração para a valorização das mulheres no trabalho: Foi com esse intuito que o Sesc realizou um café da manhã e a palestra com o tema “Resiliência e Compaixão: Competência para a Felicidade”. O evento aconteceu no restaurante do Sesc Centro na segunda-feira, dia 9, e contou com a presença de mulheres das unidades do Sesc. 

“A ideia foi fazer uma integração com as mulheres para valorizá-las no trabalho. Pensamos em uma palestra e chegamos à conclusão de focarmos em resiliência, compaixão, felicidade para que, nós, mulheres, que temos tantas tarefas, pudéssemos parar um pouco para pensar nesses temas que não fazemos no decorrer do dia. Pensar na empatia, em ajudar ao colega, e isso tudo pode ser levado para a vida e não utilizar somente como aprendizado no trabalho”, explicou a assessora de Recursos Humanos, Elaine Cristina Rodrigues.

Hoje, mais de 300 mulheres trabalham no Sesc em diversas áreas com foco nos cinco pilares: Educação, Cultura, Saúde, Lazer e Assistência. “Fizemos tudo para que elas tivessem a oportunidade de começar o dia de trabalho de forma diferente. Tomando um café juntas e tendo a oportunidade de aprender um pouco mais com a palestra de Karol, que citou muito bem o que é resiliência, compaixão, felicidade e para tudo isso também precisamos ter empatia com o próximo, no trabalho e na vida pessoal. Fiquei muito grata pela presença de todas que vieram de suas unidades da capital ou do interior para participar desse momento. Precisamos lembrar que o dia da mulher e todo dia e que ações como essa nos traz uma valorização do ser humano”, enfatizou a diretora regional do Sesc, Aparecida Farias.

A palestrante, Karol Guimarães, fez algumas dinâmicas e reflexões sobre o tema escolhido. “Ajudar ao próximo te deixa mais feliz e essa sensação é mais duradoura do que quando somos ajudados. As pessoas precisam estar abertas para pedir ajuda e o outro a perceber quem precisa ser ajudado. Assim terá uma ação mútua. Muitas vezes, a pessoa só que ser ouvida, sem nenhum tipo de julgamento, mas apenas ser ouvida. Ter e exercitar a empatia faz bem à todos no ambiente de trabalho. Ser grato é algo muito bom para o bem estar. Saber agradecer mais e reclamar menos, são exercícios que devemos fazer diariamente”, explicou.

Segundo Karol Guimarães, as pessoas estão vivendo cada vez mais ansiosas e os pensamentos negativos surgem rapidamente. “É preciso ter controle e não fica no negativo. Para um pensamento negativo precisamos de seis positivos para compensar e sair dessa vibração ruim. A gratidão é algo extraordinário para exercitar e perceber que tudo tem o lado bom ou pelo menos tem um aprendizado em que devemos focar. Pense nisso! Tente fazer uma cartinha para aquela pessoa que você é grato e entregá-la para ver como ficará feliz. Tente fazer uma lista diária de tudo que você é grato naquele dia e terá uma visão melhor da vida, dos bons momentos”, enfatiza Karol.

A jornalista Aparecida Onias participou do evento e ficou bastante atenta as informações da palestrante. Afirma que foi um momento importante para as mulheres do Sesc: “Foi uma iniciativa muito significativa, por parte da direção regional, de promover um café da manhã que trouxe a temática interessante sobre resiliência e compaixão para a gente refletir, porque o Dia Internacional da Mulher não é só para comemorar, trocar mensagens ou um encontro nesse sentido somente festivo. Mas, é um momento de refletir sobre a mulher, seu papel e sua importância na família e no ambiente de trabalho. Ali foi um momento para tomar café da manhã juntas, trocar ideias e tivemos uma oportunidade excelente de ouvir uma palavra muito interessante que nos fez pensar, refletir no dia especial em que o mundo comemora o dia da mulher no momento em que estamos vivendo com tanta violência e a gente precisa se unir para estabelecer sororidade dentro do nosso ambiente de trabalho e levar para nossa casa e nosso meio social”, enfatizou. 

“Foi uma manhã ímpar. Um momento especial para nós mulheres. Cada detalhe pensado, foi perceptivo o carinho na simplicidade, assim como nossas fotos espalhadas pelo restaurante. A fala de Karol me tocou bastante, me coloquei como importante naquele momento. Os três minutinhos da dinâmica dela me fizeram desacelerar. Gratidão por tudo, por fazer parte dessa equipe, dessa família”, afirmou coordenadora da Sala de Ciências da Unidade Sesc Socorro, Aline Pinto.


Autor : Núcleo de Comunicação e Marketing Fecomércio/Sesc/Senac | Agência Comércio
Categorias : Notícias