Sesc inicia programações especiais para os idosos em outubro


Publicado em : 01/10/2020 | por Pedro Ivo | Agência Comércio | Atualizado em: 03/10/2020



O mês de outubro é dedicado inteiramente ao público idoso, e no Sesc Sergipe ele será lembrado durante todo este período, com programações dedicadas à melhor idade, que tiveram início na última quinta-feira, 1º, e percorrerão outras datas durante o mês, em eventos que ocorrerão de maneira online, por meio do YouTube, Instagram e pela plataforma Microsoft Teams.

Na abertura da campanha “Nova Vida – Conte com a gente!” teve uma palestra do Juiz de Direito Manoel Costa Neto

A abertura foi o lançamento da campanha “Nova Vida – Conte com a Gente!”, que teve início com a palestra “Direitos e Cidadania da Pessoa Idosa”, tendo a presença do Juiz de Direito Manoel Costa Neto, numa transmissão feita pelo Microsoft Teams. Ele lembrou, durante a palestra, que “um juiz falar do idoso trará um calhamaço de leis e normas, mas isso todo mundo conhece. A ideia aqui é colaborar com o início dessa campanha”.

Lembrando dos direitos

O juiz, em sua palestra, foi taxativo quanto à necessidade de haver um maior respeito e um maior cuidado aos idosos. “Envelhecimento é um ganho em uma sociedade justa, mas também um compromisso, que não é só do idoso. Eu, com 60 anos me torno um cidadão especial, pela experiência de vida, traduzindo o conhecimento aferido na vida em sabedoria. E essa sabedoria se transmite para quem veio depois.  O que precisamos mudar é o comportamento dos indivíduos, das famílias, dos governos estaduais municiais e federal”, apontou.

Manoel Costa Neto frisou que o Brasil tem uma constituição bastante cidadã e um estatuto do idoso robusto, mas que a real atenção tem que ser na educação das pessoas. “Passaria a tarde falando sobre o que temos para o idoso como proteção legislativa. Mas do que adianta se o problema é quanto ao respeito e à consideração daqueles que vieram antes dos idosos?”, diz, completando que “nada é diagnosticado, é prognosticado. É preciso ter um respeito àqueles que são ‘jovens há mais tempo”, como ele define a melhor idade.

Trabalho continuado

Vale lembrar que mesmo durante o período mais agudo da pandemia, o Sesc manteve amparo aos cerca de 1.300 idosos contemplados pelos grupos Nova Vida e Maturidade Ativa, com um contato próximo desde o início do isolamento social, e uma busca por ensiná-los a usar as ferramentas digitais. “Começamos um processo para, a partir do WhatsApp, ensinar a criar e-mail e entrar no Microsoft Teams. Depois começamos a fazer reuniões, eles começaram a se ver pelo Teams. Foi todo um processo de amadurecimento que a terceira idade de um modo geral está passando”, recorda a coordenadora de assistência do Sesc Sergipe, Conceição Mendonça.

E o pessoal da melhor idade se manteve bastante ativo pelo que relata a assistente social Isabelle Menezes. “Eles acompanham as lives toda semana no Instagram do Sesc (@sescemsergipe), há as atividades de educação física passadas para eles, artesanato, coral, entre outras. Então todas as atividades que eles eram acostumados a realizar, estão fazendo, porém num ambiente virtual”.

Reinício gradual

E com o retorno das atividades em todo o Sesc Sergipe – seguindo as determinações sanitárias – os idosos podem voltar realizar suas atividades presencialmente, sob determinados cuidados. “Ainda estamos em tempo de pandemia, ela ainda não acabou. Mas estamos com todas as atividades sendo executadas. Os idosos podem retornar na medida do possível, de acordo com seus agendamentos”, recordou a assistente social Neumany Ramos no lançamento da campanha.

Tags: , ,
Autor : Pedro Ivo | Agência Comércio
Categorias : Atividades Assistência, Notícias, Notícias Assistência